IMG_20130320_215655

5. (Walt Whitman: Canção da Estrada Aberta. Folhas de Relva)

Daqui em diante ordeno a mim mesmo o fim de limites e linhas imaginárias,
Indo para onde me apraz, sou meu próprio senhor, total e absoluto,
Escutando os outros, pensando bem no que dizem,
Parando, procurando, recebendo, contemplando,
Gentilmente, mas com desejo inegável, despindo-me de tudo que pudesse me parar.

Inalo gigantescas tragadas de espaço,
O leste e o oeste são meus e o norte e o sul são meus.

Sou maior, melhor do que pensei,
Não sabia que guardava em mim tanta bondade.

Tudo parece lindo para mim,
Posso repetir aos homens e às mulheres, Vocês têm me feito tão bem que eu poderia fazer o mesmo a vocês,
Convocarei voluntários para mim e para vocês enquanto sigo em frente,
Farei meu eu circular entre homens e mulheres enquanto sigo,
Suscitarei uma nova satisfação, um novo tumulto entre eles,
Quem quer que me negue não me incomodará,
Quem quer que me aceite, homem ou mulher, há de ser abençoado e me abençoar.

- HILDA HILST -